Austrália-Fiji: Primeiro-ministro de Fiji acusa Austrália de insultar nações insulares do Pacífico

Tempo de leitura: 4 minutos
Primeiro-ministro australiano Scott Morrison com o primeiro-ministro das Ilhas Fiji, Frank Bainimarama, em Suva, Fiji. Fotografia: AAP

O primeiro-ministro de Fiji, Frank Bainimarama, acusou o primeiro-ministro australiano Scott Morrison de insultar líderes de nações insulares do Pacífico durante uma cúpula regional no início desta semana, e acrescentou que as autoridades chinesas são muito mais diplomáticas e comportadas. Os comentários do primeiro-ministro de Fiji vieram depois que o Fórum das Ilhas do Pacífico não concordou com os compromissos duros da mudança climática por insistência do governo australiano pró-carvão, contrariando líderes de nações insulares em risco de elevação do nível do mar.

Com informações da Reuters.

Bainimarama afirmou que Morrison tentou forçar as políticas de seu país para as outras nações e insultou-as dizendo quanto dinheiro a Austrália deu à região. “O primeiro-ministro foi muito insultuoso, muito condescendente, não é bom para o relacionamento”, disse Bainimarama à Guardian Australia na sexta-feira (16/08), um dia depois da cúpula das 18 nações do Pacífico em Tuvalu.

A Austrália e os Estados Unidos têm historicamente desfrutado de uma influência praticamente não controlada no Pacífico, mas seu domínio na região tem sido desafiado nos últimos anos pela China.

Bainimarama disse que “não há concorrência” entre a Austrália e a China, mas quando perguntado se alguns líderes do Pacífico podem agora buscar melhores laços com Pequim, ele disse, “nada pode ser pior”. “Os chineses não nos insultam”, disse Bainimarama. “Eles não descem e dizem ao mundo que nós demos tal quantidade de dinheiro para as ilhas do Pacífico. Eles não fazem isso. Eles são boas pessoas, definitivamente melhores que Morrison”.

O primeiro-ministro fijiano também chamou os comentários do vice-primeiro-ministro Michael McCormack, publicados na sexta-feira pelo Guardian, de muito ofensivos. McCormack disse que as nações insulares do Pacífico afetadas pelas mudanças climáticas continuarão a sobreviver porque “muitos de seus trabalhadores vêm aqui para colher nossos frutos”.

Mark Butler, porta-voz do Partido Trabalhista Australiano (ALP, no acrônimo em inglês), disse que Morrison prejudicou o relacionamento de longa data com os países do Pacífico, e o comentário de McCormack “apenas acrescenta insulto à injúria”.

A assessoria de Morrison não comentou as acusações de Bainimarama, mas no início do sábado Morrison disse que a Austrália está comprometida com a região. “Estamos à disposição para conversas difíceis, estamos à disposição para todo tipo de conversa com nossa família do Pacífico, assim como qualquer família que apareça ao redor da mesa”, disse ele a repórteres após discursar em uma conferência dos liberais do sul da Austrália. “Nós sempre estaremos lá, independentemente de quaisquer problemas que tenhamos que resolver no momento”.

Para citar este artigo, use os padrões abaixo.

ABNT:

Redação do Fora!. Austrália-Fiji: Primeiro-ministro de Fiji acusa Austrália de insultar nações insulares do Pacífico. Fora!. Acessado em 17 de agosto de 2019. Disponível em <https://fora.global/2019/08/17/australia-fiji-primeiro-ministro-de-fiji-acusa-australia-de-insultar-nacoes-insulares-do-pacifico/>.

APA:

Redação do Fora!. (17 de agosto de 2019). Fora!. https://fora.global/2019/08/17/australia-fiji-primeiro-ministro-de-fiji-acusa-australia-de-insultar-nacoes-insulares-do-pacifico/.

Adaptações na ordem nome-sobrenome, bem como em outros elementos, podem ser necessárias. Se o texto tem co-autores ou se trata de uma tradução, os co-autores/tradutores devem ser revisados manualmente devido a limitações em nosso script.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*