Afeganistão: conflito e ópio alimentam um ao outro

Tempo de leitura: 3 minutos
Soldado dos EUA realiza patrulha em campo de papoula no Afeganistão, em 2011. Fonte: Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA (domínio público).

Com informações da consultoria Oxford Analytica.

O comércio de ópio do Afeganistão prosperou no caos e na ilegalidade das guerras nos últimos 40 anos. Drogas e conflitos se entrelaçaram e um impede uma solução para o outro. Os esforços internacionais dispendiosos para destruir os campos de papoulas reduziram o crescimento em algumas províncias sem reduzir o cultivo geral, que historicamente teve um melhor desempenho no sul do país, o coração do Talibã (embora as operações deles agora se estendam para o norte).

Os talibãs levantam fundos substanciais com drogas tributando os agricultores e o transporte, e não através do gerenciamento direto. As receitas sustentam a guerra e permitem que o Talibã veja a paz como possível, mas não essencial. Eles não se comprometeram a restringir o comércio no caso de um acordo mediado pelos EUA.

A imagem abaixo mostra que as áreas de cultivo de papoula e extração de ópio coincidem com áreas ocupadas pelo Talibã, embora não sejam idênticas.

Fonte: Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime; Inspetor-Geral Especial dos EUA para Reconstrução do Afeganistão; Missão de apoio da OTAN; Al Jazeera, BBC, e outras reportagens da mídia.

Impactos

  • Enquanto a comunidade internacional perde a esperança de restringir a produção, o Afeganistão continua sendo o principal fabricante mundial de heroína.
  • O cultivo e processamento de ópio representam 30-50% do PIB e, em muitas áreas, a colheita é uma monocultura que afasta outras formas de agricultura.
  • O tráfico de drogas não reconhece fronteiras e tem um efeito deletério na governança em áreas fora do controle do Taliban.
  • No leste do Afeganistão, o grupo Estado Islâmico opera seu próprio sistema tributário sobre atividades legais e ilegais.

Para citar este artigo, use os padrões abaixo.

ABNT:

Redação do Fora!. Afeganistão: conflito e ópio alimentam um ao outro. Fora!. Acessado em 2 de setembro de 2019. Disponível em <https://fora.global/2019/09/02/afeganistao-conflito-e-opio-alimentam-um-ao-outro/>.

APA:

Redação do Fora!. (2 de setembro de 2019). Fora!. https://fora.global/2019/09/02/afeganistao-conflito-e-opio-alimentam-um-ao-outro/.

Adaptações na ordem nome-sobrenome, bem como em outros elementos, podem ser necessárias. Se o texto tem co-autores ou se trata de uma tradução, os co-autores/tradutores devem ser revisados manualmente devido a limitações em nosso script.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*