Reino Unido: impasse do Brexit leva a novas eleições em 12 de dezembro

Tempo de leitura: 3 minutos

Deputados britânicos aprovaram ontem a realização de eleições, a serem realizadas em 12 de dezembro, por 430 votos a 20. A expectativa é de que essas eleições, que serão as mais imprevisíveis das últimas décadas, sejam capazes de resolver o impasse do Brexit.

Boris Johnson, o primeiro-ministro britânico, já havia tentado aprovar novas eleições em três ocasiões anteriores. Na quarta tentativa, ontem, conseguiu – após Jeremy Corbyn, seu adversário do Partido Trabalhista (Labour), ter concordado com a proposta. Esta será a primeira votação a ser realizada pouco antes do natal desde 1923.

Os Democratas Liberais e o Partido Nacional Escocês se abstiveram, após a data sugerida por eles, 9 de dezembro, ter sido rejeitada pelos demais. Quase metade dos deputados do Partido Trabalhista estavam ausentes ou votaram contra a proposta.

O parlamento será dissolvido na próxima quarta-feira para uma curta campanha de cinco semanas. A proposta ainda precisa ser aprovada pela Câmara dos Lordes, mas é pouco provável que seja rejeitada.

A expectativa do Partido Trabalhista é de que os Conservadores (Tory), do partido de Boris Johnson, sejam ejetados do parlamento pelo voto popular – permitindo, assim, que um segundo referendo do Brexit seja realizado. Os Democratas Liberais esperam ser capazes de frear o Brexit. Os Tories, obviamente, esperam conseguir maioria para finalmente concretizarem a saída do Reino Unido da União Europeia em seus próprios termos.

Em uma tentativa de reunificar seu partido, Boris Johnson admitiu novamente 10 dos 21 deputados que haviam sido expulsos após as discussões do mês passado.

Apesar da ampla votação a favor da realização das novas eleições, a maioria dos deputados dos dois principais partidos se mostram bastante apreensivos quanto a terem de voltar às urnas em um ano tão politicamente volátil.

Os Conservadores estão, segundo pesquisas, cerca de dez pontos à frente dos Trabalhistas – metade da vantagem que Theresa May tinha antes do resultado desastroso que a levou a perder a maioria na Câmara dos Comuns.

Para citar este artigo, use os padrões abaixo.

ABNT:

Redação do Fora!. Reino Unido: impasse do Brexit leva a novas eleições em 12 de dezembro. Fora!. Acessado em 30 de outubro de 2019. Disponível em <https://fora.global/2019/10/30/reino-unido-impasse-do-brexit-leva-a-novas-eleicoes-em-12-de-dezembro/>.

APA:

Redação do Fora!. (30 de outubro de 2019). Fora!. https://fora.global/2019/10/30/reino-unido-impasse-do-brexit-leva-a-novas-eleicoes-em-12-de-dezembro/.

Adaptações na ordem nome-sobrenome, bem como em outros elementos, podem ser necessárias. Se o texto tem co-autores ou se trata de uma tradução, os co-autores/tradutores devem ser revisados manualmente devido a limitações em nosso script.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*