Irã, Rússia e China farão simulação militar conjunta, segundo autoridades iranianas

Tempo de leitura: 4 minutos
Hassan Rouhani, presidente do Irã.

Irã, Rússia e China estão se unindo em uma simulação de jogos de guerra como uma “mensagem para o mundo”, disse o comandante da Marinha iraniana, contra-almirante Hossein Khanzadi, em comunicado divulgado nesta quarta-feira (04/12).

Khanzadi indicou que os três países têm interesses e objetivos mútuos, segundo a agência de notícias semi-oficial Mehr, do Irã.

“Quando falamos de jogos de guerra conjuntos, estamos falando de dois ou mais países com um alto nível de relações em vários campos políticos, econômicos e sociais, que culminam na cooperação no setor militar, sendo os jogos de guerra geralmente o mais alto nível de tal cooperação ”, disse Khanzadi.

“[O] jogo de guerra conjunto entre Irã, Rússia e China, que, esperamos, será realizado no próximo mês, transmite a mesma mensagem ao mundo: que esses três países atingiram um ponto estratégico significativo em suas relações”, acrescentou.

Os Estados Unidos impuseram sanções incapacitantes à nação depois que desistiram do acordo nuclear iraniano, que cortou uma fonte significativa de renda do governo, como já abordamos aqui.

“O objetivo do jogo de guerra é garantir a segurança coletiva e ajudar a fortalecer a segurança na região norte do Oceano Índico, que está testemunhando incidentes como pirataria”, afirmou Khanzadi, segundo informações, também no sábado (02/12).

Além disso, ele afirmou que sua frota poderia chegar ao Golfo do México ou ao Golfo da Finlândia, além de dizer que os jogos poderiam estender o alcance comercial do Irã.

“O jogo de guerra busca transmitir ao mundo esta mensagem de que qualquer tipo de segurança no mar deve incluir os interesses de todos os países envolvidos”, afirmou. “Não toleramos o tipo de segurança que apenas atende aos benefícios de um país específico em um momento específico e que desconsidera a segurança de outros”.

“Os mares, que são usados ​​como plataforma para conduzir o comércio global, não podem ser exclusivamente benéficos para certas potências”, acrescentou Khanzadi.

Khanzadi disse que as sanções prejudiciais impostas aos Estados Unidos eram “táticas de bullying” usadas para “sancionar o petróleo de outro país, restringindo sua passagem pelas águas internacionais”.

O Irã foi acusado várias vezes de realizar atos agressivos, incluindo bombardear um campo de petróleo da Arábia Saudita e (acusado por autoridades israelenses) desenvolver uma arma nuclear.

Além disso, o Irã está começando a desenvolver armamento de ponta para se preparar para combater seus inimigos, afirmou o líder supremo, aiatolá Ali Khamenei, em um discurso feito em 13 de outubro.

“Com comportamento violento, agressivo e hostil, os americanos aumentaram a dignidade do Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica. Os inimigos de Deus mostram hostilidade aos servos de Deus, e essa hostilidade torna os servos de Deus mais respeitáveis ​​e estimados”, disse ele. “Você deve ter todo o equipamento de defesa, operacional e de inteligência necessário. No entanto, esses instrumentos devem ser fabricados e desenvolvidos em casa e atender a todas as necessidades do país em terra, no céu e no espaço, bem como no mar e nas fronteiras. Até o ciberespaço está entre os instrumentos necessários”.

Para citar este artigo, use os padrões abaixo.

ABNT:

Redação do Fora!. Irã, Rússia e China farão simulação militar conjunta, segundo autoridades iranianas. Fora!. Acessado em 6 de dezembro de 2019. Disponível em <https://fora.global/2019/12/06/ira-russia-e-china-farao-simulacao-militar-conjunta-segundo-autoridades-iranianas/>.

APA:

Redação do Fora!. (6 de dezembro de 2019). Fora!. https://fora.global/2019/12/06/ira-russia-e-china-farao-simulacao-militar-conjunta-segundo-autoridades-iranianas/.

Adaptações na ordem nome-sobrenome, bem como em outros elementos, podem ser necessárias. Se o texto tem co-autores ou se trata de uma tradução, os co-autores/tradutores devem ser revisados manualmente devido a limitações em nosso script.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*