América do Norte: Finalizado acordo comercial que substituirá NAFTA

Tempo de leitura: 4 minutos

EUA, México e Canadá finalizaram um acordo comercial que substituirá o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), que já tem 25 anos.

Representantes dos três países assinaram o pacto no México. Eles se encontraram horas depois que os democratas no Congresso dos EUA disseram que apoiariam o acordo caso a Casa Branca concordasse em fortalecer as regras trabalhistas e ambientais.

Os três países concluíram suas negociações há mais de um ano, mas o tratado precisa da aprovação das legislaturas dos três países antes que possa avançar.

A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, declarou o pacto revisado “infinitamente melhor” do que o texto anunciado pelos três países no ano passado.

O Acordo EUA-México-Canadá (USMCA, no acrônimo em inglês) será “o melhor e mais importante acordo comercial já feito pelos EUA. Bom para todos – agricultores, fabricantes, energia, sindicatos – tremendo apoio”, twittou Donald Trump, presidente dos EUA. Durante sua campanha presidencial de 2016, Trump prometeu substituir o Nafta, que ele e muitos políticos estadunidenses culpam por acelerar o declínio da produção americana.

As negociações começaram em 2017 e os três países concordaram com os termos no ano passado. Entre as mudanças mais atraentes estavam as novas regras que exigem uma parcela maior de peças fabricadas na América do Norte para que um veículo se qualifique para isenção de tarifas.

Os democratas, que controlam a Câmara dos Deputados, também estavam pressionando por mudanças para fortalecer a aplicação das regras trabalhistas e ambientais, além de oferecer mais flexibilidade no controle dos preços dos medicamentos.

Semana passada, os democratas (partido de oposição a Trump) disseram que chegaram a um entendimento com a Casa Branca sobre novas disposições e que planejam apoiar o acordo em votação.

“É claro que não há dúvida de que este acordo comercial é muito melhor que o Nafta, mas… é infinitamente melhor do que o inicialmente proposto pelo governo”, disse Pelosi.

A decisão dos democratas de adiantar o USMCA dá a Trump uma vitória em uma de suas questões mais importantes, o comércio. Mas também serve para minar as críticas dos republicanos de que os democratas estão muito focados no impeachment.

A comunidade empresarial dos EUA disse que a notícia de que o USMCA avançaria seria um alívio, e instou o Congresso a votá-lo rapidamente. Canadá e México são dois dos maiores parceiros comerciais dos EUA.

“Os agricultores estão lutando diante do mau tempo e da política comercial imprevisível”, disse Angela Hofmann, co-diretora executiva do grupo de lobby Farmers for Free Trade.

“A aprovação da USMCA garantirá que os mercados mais próximos e mais importantes de nossos agricultores permanecerão livres de tarifas e burocracia”.

Apesar de toda a empolgação dos políticos e empresários dos EUA em relação ao novo acordo de comércio, no México lideranças queixaram-se a respeito da implementação de novas normas trabalhistas e de fiscalização.

Para citar este artigo, use os padrões abaixo.

ABNT:

Redação do Fora!. América do Norte: Finalizado acordo comercial que substituirá NAFTA. Fora!. Acessado em 17 de dezembro de 2019. Disponível em <https://fora.global/2019/12/17/america-do-norte-finalizado-acordo-comercial-que-substituira-nafta/>.

APA:

Redação do Fora!. (17 de dezembro de 2019). Fora!. https://fora.global/2019/12/17/america-do-norte-finalizado-acordo-comercial-que-substituira-nafta/.

Adaptações na ordem nome-sobrenome, bem como em outros elementos, podem ser necessárias. Se o texto tem co-autores ou se trata de uma tradução, os co-autores/tradutores devem ser revisados manualmente devido a limitações em nosso script.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*