Alemanha: Angela Merkel diz ter provas de que foi alvo de ciberataque russo

Tempo de leitura: 2 minutos
Angela Merkel, chanceler da Alemanha. Fonte: Wikimedia Commons

Com informações do Jornal de Notícias e BBC.

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta quarta feira (13/05) que tem provas de que foi alvo de ciberataques do serviço secreto militar da Rússia. Os hackers roubaram emails do gabinete de Merkel quando ocorreu a invasão ao Bundestag (câmara baixa do parlamento alemão) em 2015.

Especialistas da Agência Federal de Investigações (BKA, acrônimo em alemão), do Departamento Federal de Tecnologia de Informação (BSI, acrônimo em alemão) e empresas reconstituíram em parte o ataque. Segundo eles, os alvos teriam sido dois fichários de e-mails completos do escritório do gabinete de Merkel, que também é deputada desde 1990, no Bundestag, contendo correspondência dos anos 2012 a 2015.

“Posso dizer honestamente que isso me incomoda. Cada dia, tento garantir as melhores relações com a Rússia, e por outro lado existem provas tão tangíveis de que as forças russas cometem esses atos”, apontou Merkel.

O serviço de inteligência alemão acredita que o ataque tinha como objetivo reunir dados de autoridades do país. As relações entre a Rússia e a potência econômica da UE, e Merkel e o presidente Vladimir Putin, são complexas.

Neste contexto, “decerto que não é fácil” continuar a tentar promover uma melhor relação com Moscou, acrescentou a chanceler.

O governo russo negou ter hackeado os dados do parlamento alemão.

Para citar este artigo, use os padrões abaixo.

ABNT:

Flávio Henrique Soeiro de Castro. Alemanha: Angela Merkel diz ter provas de que foi alvo de ciberataque russo. Fora!. Acessado em 13 de maio de 2020. Disponível em <https://fora.global/2020/05/13/alemanha-angela-merkel-diz-ter-provas-de-que-foi-alvo-de-ciberataque-russo/>.

APA:

Flávio Henrique Soeiro de Castro. (13 de maio de 2020). Fora!. https://fora.global/2020/05/13/alemanha-angela-merkel-diz-ter-provas-de-que-foi-alvo-de-ciberataque-russo/.

Adaptações na ordem nome-sobrenome, bem como em outros elementos, podem ser necessárias. Se o texto tem co-autores ou se trata de uma tradução, os co-autores/tradutores devem ser revisados manualmente devido a limitações em nosso script.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*