Bangladesh: Covid-19 é detectado no maior campo de refugiados do mundo

Tempo de leitura: 2 minutos
Assentamento Rohingya em Kutapalong, Bangladesh. Fonte: Wikimedia Commons

Com informações da Reuters e da Organização das Nações Unidas.

O Sars-CoV-2, que está causando a pandemia da Covid-19, foi detectado no maior campo de refugiados do mundo. Na porção sul de Bangladesh, país situado à leste da Índia, foi testado positivo o coronavírus em um refugiado da etnia rohingya e também em outra pessoa que trabalha na comunidade de acolhimento, na quinta-feira (14/04). Estima-se que 860 mil refugiados vivem no assentamento.

“Hoje (14/04) eles foram levados para um centro de isolamento depois de terem resultado positivos”, disse à Reuters por telefone Mahbub Alam Talukder, comissário de ajuda e repatriamento de refugiados.

Os Rohingya são uma minoria étnica que vivem, há séculos, em Mianmar. O governo nega a cidadania ao grupo, sendo forçados a se refugiarem na Malásia, Índia, Nepal, EUA e Bangladesh.

Shamim Jahan, Diretor de Saúde da Salvem as Crianças em Bangladesh, disse em comunicado que o vírus já dominou o país. “Agora que o vírus entrou no maior assentamento de refugiados do mundo, estamos analisando a perspectiva real de que milhares de pessoas podem morrer de COVID-19. Essa pandemia pode atrasar Bangladesh em décadas”.

Kerry Mcbroom, coordenadora de Gestão e Desenvolvimento de Campo da Organização Internacional para as Migrações (OIM), explicou sobre os desafios enfrentados com a confirmação de casos de coronavírus no assentamento.

Para citar este artigo, use os padrões abaixo.

ABNT:

Flávio Henrique Soeiro de Castro. Bangladesh: Covid-19 é detectado no maior campo de refugiados do mundo. Fora!. Acessado em 16 de maio de 2020. Disponível em <https://fora.global/2020/05/16/bangladesh-covid-19-e-detectado-no-maior-campo-de-refugiados-do-mundo/>.

APA:

Flávio Henrique Soeiro de Castro. (16 de maio de 2020). Fora!. https://fora.global/2020/05/16/bangladesh-covid-19-e-detectado-no-maior-campo-de-refugiados-do-mundo/.

Adaptações na ordem nome-sobrenome, bem como em outros elementos, podem ser necessárias. Se o texto tem co-autores ou se trata de uma tradução, os co-autores/tradutores devem ser revisados manualmente devido a limitações em nosso script.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*