Irã diz que executará informante que levou a CIA a Soleimani

Tempo de leitura: 3 minutos
Qassem Soleimani em 2016. Foto: AP.

Com informações de Al-Jazeera.

O porta-voz judiciário do Irã, Gholamhossein Esmaili, disse que o iraniano Mahmoud Mousavi-Majd trabalhava como espião do Mossad e da CIA.

O Irã anunciou que seu cidadão que forneceu informações aos serviços de inteligência dos EUA e de Israel sobre o paradeiro do comandante da Guarda Revolucionária Islâmica (IRGC), Qassem Soleimani, será executado em breve.

Soleimani, líder da Força Quds do IRGC, foi assassinado em um ataque de drones dos EUA no Iraque em 03 de janeiro. Washington culpou Soleimani pelos ataques de milícias alinhadas ao Irã contra as forças americanas na região.

“Mahmoud Mousavi-Majd, um dos espiões da CIA e do Mossad, foi condenado à morte. Ele deu o paradeiro do mártir Soleimani aos nossos inimigos”, disse o porta-voz do judiciário, Gholamhossein Esmaili, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Esmaili não disse quando Majd seria executado e também não ofereceu ligação direta entre as informações supostamente oferecidas por Majd e a morte de Soleimani.

As autoridades também não disseram se o caso de Mousavi-Majd está relacionado ao anúncio do Irã, no verão passado, de que capturou 17 espiões que trabalhavam para a CIA, alguns dos quais foram condenados à morte.

O correspondente da Al-Jazeera em Teerã, Zein Basravi, disse que não há informações públicas sobre nenhuma investigação em andamento sobre a morte de Soleimani e que foi a primeira vez que o nome de Mousavi-Majd foi mencionado publicamente pelo Judiciário.

“Com esse veredicto de execução, não há muita transparência do judiciário, especificamente quando se trata de casos relacionados a espionagem”, disse Basravi.

O Irã proferiu em fevereiro uma sentença semelhante para Amir Rahimpour, outro homem condenado por espionar os EUA e por conspirar para vender informações sobre o programa nuclear iraniano.

O assassinato de Soleimani levou a um pico no confronto entre o Irã e os Estados Unidos. Teerã retaliou com um ataque de foguetes contra uma base aérea iraquiana, onde as forças dos EUA estavam estacionadas.

Horas depois, as forças iranianas, em alerta máximo, abateram por engano um avião ucraniano de passageiros decolando de Teerã, matando todas as 176 pessoas a bordo.

Para citar este artigo, use os padrões abaixo.

ABNT:

Redação do Fora!. Irã diz que executará informante que levou a CIA a Soleimani. Fora!. Acessado em 9 de junho de 2020. Disponível em <https://fora.global/2020/06/09/ira-diz-que-executara-informante-que-levou-a-cia-a-soleimani/>.

APA:

Redação do Fora!. (9 de junho de 2020). Fora!. https://fora.global/2020/06/09/ira-diz-que-executara-informante-que-levou-a-cia-a-soleimani/.

Adaptações na ordem nome-sobrenome, bem como em outros elementos, podem ser necessárias. Se o texto tem co-autores ou se trata de uma tradução, os co-autores/tradutores devem ser revisados manualmente devido a limitações em nosso script.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*