Ministros da Turquia, Catar e Alemanha na Líbia para negociações com Governo do Acordo Nacional

Tempo de leitura: 5 minutos
Foto: Anadolu.

Ministros da defesa turcos e do Catar reiteram o apoio ao Governo de Acordo Nacional (GNA), enquanto o diplomata-chefe da Alemanha adverte sobre uma “calma enganosa”.

A Turquia e o Catar reiteraram seu apoio ao governo internacionalmente reconhecido da Líbia durante uma viagem de seus chefes de defesa à capital, Trípoli, onde o ministro das Relações Exteriores da Alemanha também fez uma visita inesperada.

Ancara forneceu apoio militar crucial ao Governo de Acordo Nacional (GNA), mediado pelas Nações Unidas, para ajudá-lo a evitar um ataque de 14 meses de forças rivais baseadas no leste da Líbia.

O país está dividido desde 2014 entre facções baseadas no leste e no oeste, e as potências regionais se alinharam com os lados concorrentes.

Enquanto a Turquia e seu aliado regional, Catar, apóiam o GNA, as forças no leste, lideradas pelo comandante militar renegado Khalifa Haftar ,receberam apoio dos Emirados Árabes Unidos, Egito e Rússia.

“Acreditamos que alcançaremos os resultados desejados apoiando nossos irmãos líbios em sua causa justa”, disse Hulusi Akar, ministro da defesa turco, em Trípoli, na segunda-feira.

A Turquia assinou um acordo militar com a GNA no final do ano passado, bem como um memorando de entendimento sobre as fronteiras marítimas, que abalou seus rivais no Mediterrâneo oriental.

Akar e o chefe do estado-maior, general Yasar Guler, estiveram em Trípoli para “observar as operações” no âmbito do acordo de cooperação militar com a Líbia, segundo o ministério da defesa da Turquia.

A Turquia e a Rússia emergiram como os principais mediadores do conflito na Líbia, com linhas de frente militares se estabelecendo nas últimas semanas em torno da cidade costeira central de Sirte. Os líderes dos dois países falaram por telefone sobre a Líbia na segunda-feira.

As tentativas anteriores de garantir um cessar-fogo e um acordo político na Líbia – inclusive em uma conferência internacional na capital da Alemanha, Berlim, em janeiro – foram paralisadas. Um bloqueio do petróleo imposto pelas forças de Haftar custou ao país bilhões de dólares em receitas que foram perdidas.

O ministro das relações exteriores alemão, Heiko Maas, que se encontrou com seu homólogo líbio, mas não com as delegações turca ou do Catar, disse que o processo iniciado em Berlim continua sendo a estrutura para a resolução do conflito, e apoiou os apelos por uma zona desmilitarizada em torno de Sirte.

“Vemos uma calma enganosa na Líbia agora. Ambos os lados e seus aliados internacionais continuam a armar o país em grande escala e atuam como antes do cessar-fogo”, disse ele.

Maas enfatizou a necessidade de iniciar negociações diretas entre as duas partes e interromper a escalada perto de Sirte, local de recentes confrontos militares.

Ele também pediu o levantamento do bloqueio do petróleo e a distribuição equitativa da vasta riqueza do petróleo do país devastado pela guerra.

Por sua vez, o ministro das relações exteriores da Líbia, Mohamed Taher Siala, disse que seu país não precisa de mais iniciativas para resolver o conflito, mas de uma constituição que abra caminho para eleições democráticas.

Siala acrescentou que o GNA rejeitou veementemente a Operação Irini, uma missão da União Europeia que visa impor um ineficaz embargo de armas da ONU de 2011, dizendo que “não monitora a transferência de armas e mercenários para o agressor”.

Maas deve viajar a Abu Dhabi no final do dia para se encontrar com seu homólogo de lá e instá-lo a usar a influência dos Emirados Árabes Unidos com Haftar “em linha com a cúpula de Berlim”.

Entenda o conflito na Líbia com nossas reportagens anteriores.

Para citar este artigo, use os padrões abaixo.

ABNT:

Redação do Fora!. Ministros da Turquia, Catar e Alemanha na Líbia para negociações com Governo do Acordo Nacional. Fora!. Acessado em 18 de agosto de 2020. Disponível em <https://fora.global/2020/08/18/ministros-da-turquia-catar-e-alemanha-na-libia-para-negociacoes-com-governo-do-acordo-nacional/>.

APA:

Redação do Fora!. (18 de agosto de 2020). Fora!. https://fora.global/2020/08/18/ministros-da-turquia-catar-e-alemanha-na-libia-para-negociacoes-com-governo-do-acordo-nacional/.

Adaptações na ordem nome-sobrenome, bem como em outros elementos, podem ser necessárias. Se o texto tem co-autores ou se trata de uma tradução, os co-autores/tradutores devem ser revisados manualmente devido a limitações em nosso script.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*